segunda-feira, 12 de julho de 2010

Tratamento preventivo, fazer ou não, e quando?

Por
William Sedimar
Criador amadorista

Vim falar de um tema bastante intrigante e que gera muitos comentários entre os passarinheiros, afinal deve-se vermifugar ou não os pássaros e quando fazê-lo.

Pois bem, sei perfeitamente que o ideal é fazer um exame de fezes, depois de procurar um veterinário, e baseado no resultado vermifugar na dosagem correta segundo as indicações do médico.

Não temos na nossa região um médico veterinário que entenda de pássaros, não que eu tenha conhecimento, então o que fazer? Vou descrever aqui o que eu fiz por 4 anos seguidos e deixei de fazer por 2 e comparei os resultados empiricamente, ou seja não anotei nada, só observei mesmo.

Desde 2004, sofrendo influência de outros criadores, com os quais mantenho contato através do fórum na internet: trincaferroverdadeiro@grupos.com.br, e das publicações deste fórum no site: grupo2trincas.com.br, comecei a vermifugar os meus pássaros após a muda de penas, usando o avitrin vermífugo conforme a bula, em seguida entrava com um polivitamínico, Protovit, 3 gotas no bebedouro de 2 em dias, repetindo o procedimento após a 2ª aplicação do vermífugo.

Depois de vermifugar eu apliquei um coccidiotático, na época o coccinon,  e o alax, que combate ácaros e piolhos, os resultados foram muito bons, não tive durante estes anos problemas com muda nem de penas nem de bico, nenhum pássaro rouco, a reprodução evoluiu muito neste período, (iniciei em 2004) e não perdi um pássaro sequer por doença.

Durante o período de reprodução e torneios usava tanto para as fêmeas quanto para os pássaros que viajavam um suplemento de aminoácidos, por ocasião o Glicopan pet.

Para os coleiros que não comem uma ração balanceada o Protovit, 2 vezes por semana, durante todo o ano, mesmo fora da muda.

Em 2008 e 2009 deixei de fazer este procedimento, depois de alertado por alguns passarinheiros internautas, médicos (humanos) de que o procedimento de aplicar vermifugo em pássaros que não tinha a certeza de estarem com vermes era arriscado, pois poderia debilitar muito o pássaro, e o uso do coccidiostático sem uma infestação alta de coccidicidas, também debilitaria o pássaro e poderia criar parasitas mais resistentes.

Neste período, que não fiz a prevenção não tive problemas significativos no primeiro ano (2008) , porém em 2009  foram problemas de todos os tipos, chegando até mesmo a óbito de alguns pássaros.

O período correto para fazer prevenção varia muito de criador para criador, eu gosto de fazer depois da muda, tem gente que faz durante, e outros antes.

Não faço durante pra não pegar o pássaro já debilitado pela muda, e o vermífugo e coccidiostático matam parte da flora intestinal, podendo deixa-los mais fracos ainda, fazendo com que demorem mais a aprontar para a temporada. E antes da muda não gosto de fazer pois não temos idéia de quando o pássaro vai mudar, e fazendo este procedimento antes da muda poderemos induzi-los a mudar antes da hora, o que pode acarretar muda mal feita, repique de muda, e uma nova muda no meio da temporada, o que seria terrível para um pássaro de torneio, ou uma matriz.

Este ano pretendo retomar o tratamento preventivo, porém não mais usarei o coccinon e sim o Baycox, também volto a usar o Glicopan pet, e o Protovit.

--

7 comentários:

  1. Há tempos venho tentando criar e sempre paro com ovos quebrados ou machos que não enchem ovos
    esse ano tentarei novamente e ficarei grato com ajuda de todos

    ResponderExcluir
  2. quando eu devo começar a vermifugar as minhas aves,e depois de vermifugar eu entro com o coccidex ?

    ResponderExcluir
  3. CLAIR
    EU CRIO TRINCA FERRO A 4 ANOS NO PRIMEIRO ANO PERDI TUDO . CRIAVA DA MANEIRA QUE OS CRIADORES AQUI POR PERTO,FALAVAM, NO ANO SEQUINTE TIREI 3 MACHOS ENTRE FEVEREIRO E MARÇO LOGO DEPOIS DELES PARAREM A POSTURA EU DOU UM VERMIFUGO UM MÊS DEPOIS EU DOU COCCIFIN É UM PÓ A MEDIDA 1 GRAMA P/2 LITROS DE ÁGUA UMA SEMANA DEPOIS PASSO A DAR 3 X POR SEMANA PIUSANA NUTRAMIX ,ANTES DA POSTURA EU DOU PIUSANA FERTILIDADE DA MUNDO ANIMAL É 3º ANO QUE ESTA DANDO CERTO ESTE ANO JA ESTOU COM 2 FILHOTES PRONTO PRA SEPARAR E A FEMEA ESTA COM OVOS NO NINHO.clairanacleto@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. esse ano vou tentar novamente e dessa vez vou seguir os seu procedimentos desde ja agrade€a a sua ajuda me add no msn para mantermos contatos e falar sobre nossas aves

    nl_black@hotmail.com

    ResponderExcluir
  5. Wiliam, por favor me responda, quantos dias eu administro o protovit o coccinon e o alax? e qual a dosagem, desculpe-me, estou começando e agradeço a atenção.(marcos.contexto@hotmail.com)

    ResponderExcluir
  6. sou novo no ramo de passaros, tenho dois trinca ferros, tenho duvida por quanto tempo forneço a vitamina protovit? E o que é ração extrusada já que existe varios tipos? obligado por mim ajudar a tirar duvidas.

    ResponderExcluir
  7. tenho muita duvidas a respeito dessa ração extrusada que voces tato falam.Qual a ração extrusada que eu posso dar para o meu trinca, são tantas que eu fico perdido, me ajudem? obligado

    ResponderExcluir